top of page
  • Foto do escritorDelânia Malveira

Portugal: como se adaptar com sucesso à nova vida

Atualizado: 6 de mar.

A escolha adequada do seu lar desempenha um papel fundamental na facilitação de uma adaptação bem-sucedida após a imigração para Portugal. Entre todas as despesas a serem consideradas ao estabelecer-se neste novo país, a habitação se destaca como uma das mais significativas. No entanto, é crucial evitar a abordagem exclusivamente financeira ao escolher um imóvel em terras estrangeiras.



É essencial compreender o que cada indivíduo ou família traz consigo de seu país de origem para sua nova rotina em Portugal. Este reconhecimento é de extrema importância e não deve ser subestimado, independentemente de sua aparente simplicidade. Ao planejar uma migração sustentável, é crucial considerar quatro aspectos principais:


Rotina Familiar


A rotina é um elemento estruturante que revela muito sobre nossas preferências e necessidades. Manter ao máximo a continuidade da rotina, especialmente quando distantes das redes de apoio familiar, é fundamental.


Ao migrar, inevitavelmente renunciamos a algumas certezas em troca de novas oportunidades. No entanto, é essencial entender o que estamos dispostos a sacrificar e o que não devemos comprometer. Perguntas sobre quem trabalhará, onde e como, quem estuda ou planeja estudar, e se há alguma restrição de mobilidade física são aspectos cruciais a considerar.



Estilo de vida


Este aspecto complementa a rotina, influenciando-a, mas não sendo idêntico a ela. Identificar os hábitos familiares e compreender como esses hábitos podem ser mantidos durante a migração é vital. Perguntas sobre preferências sociais, atividades de lazer, e hábitos de entretenimento podem orientar essa avaliação. Por exemplo, algumas pessoas, mesmo com a possibilidade de trabalho remoto, podem preferir viver em áreas urbanas em vez de locais rurais devido ao estilo de vida que desejam manter.


Perfil familiar


Uma acomodação adequada para a família aumenta significativamente as chances de uma adaptação bem-sucedida. É essencial que cada integrante da família, incluindo crianças e animais de estimação, tenha seu próprio espaço e privacidade. Identificar o perfil familiar através de perguntas sobre o número de pessoas, suas idades, necessidades especiais e preferências de transporte ajuda a determinar as características ideais do imóvel.



Orçamento familiar


Dado que a moradia geralmente representa a maior despesa em Portugal, é crucial estabelecer um orçamento realista. Por isso mesmo é tão importante ser bem assessorado na hora de tomar esta decisão. A regra básica do mercado é nunca comprometer mais de 30% do orçamento familiar com habitação. No entanto, diante do cenário habitacional de Portugal, marcado pela escassez de imóveis para moradia, e por termos os serviços públicos de qualidade, é possível ir um pouco acima deste percentual, mas é muito importante ser prudente e manter uma reserva para os imprevistos.



Outro aspecto que impacta diretamente no valor dos imóveis em Portugal é a estrutura que ele apresenta. Normalmente existem 3 modalidades disponíveis: Mobiliado, não-mobiliado ou equipado (geralmente inclui geladeira, fogão, esquentador e máquina de lavar roupas). A escolha vai depender do interesse e da capacidade financeira de cada família. Há quem prefira chegar em imóveis completamente mobiliados e trazer somente roupas e itens pessoais. Há quem pretenda mobiliar e decorar tudo ao seu estilo e há quem prefira o meio termo: um imóvel com a cozinha equipada, mas com todo o resto a ser providenciado conforme o seu gosto.



O valor dos imóveis varia também conforme o tamanho, o estado do imóvel, os acabamentos que apresenta e, claro, a localização. Quanto mais bem estruturada a região, maiores os valores dos imóveis.


Em resumo, ao considerar cuidadosamente esses aspectos ao selecionar um imóvel em Portugal, as chances de uma adaptação bem-sucedida são significativamente aumentadas. A chave está em encontrar um equilíbrio entre as necessidades individuais e familiares, o estilo de vida desejado e a viabilidade financeira.

64 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page